As vantagens do Acrílico x Poliestireno

Frequentemente, objetos produzidos por outros plásticos também são comercializados no mercado como acrílico. O principal pelos equivicos no Brasil é o poliestireno (PS) cristal, um polímero usado em artigos de baixo custo, como em utilidades domésticas. O acrílico, por sua vez, é mais nobre e duradouro (no mínimo, 10 vezes mais resistente a impactos do que o vidro) e 100% reciclável. Para que o consumidor final não seja enganado, existem três formas básicas de reconhecer as diferenças entre os dois materiais. A primeira delas é o aspecto visual. De acordo com o engenheiro químico e diretor presidente do Indac, Fábio Fiasco, o poliestireno é azulado e amarela rapidamente, enquanto o acrílico é completamente transparente e não altera a cor com o tempo.

“Um bom exemplo é o da caneta BIC, que é feita de PS. Se colocarmos o objeto contra a luz veremos nitidamente o seu tom azulado”, diz Fiasco. “Em alguns objetos o reconhecimento pode ser feito também a partir da visualização da borda da peça. O acrílico permite enxergar a outra extremidade, enquanto que no poliestireno o aspecto é turvo – como se estivesse embaçado.

Outra forma de identificar os materiais é pelo som. Segundo o engenheiro, ao jogar uma peça de poliestireno, como uma régua escolar, em uma superfície de concreto, o barulho do choque é estridente, similar ao de uma lata de alumínio caindo no chão. “Já o som do acrílico é seco, abafado, imitando um objeto de madeira”, afirma Fiasco.

É possível ainda diferenciar os plásticos pelo cheiro resultante da queima ou raspagem de parte do material. “O poliestireno solta uma fumaça preta e um cheiro bastante forte, parecido com o de óleo queimando. O acrílico queima com uma fumaça branca e odor mais agradável e suave, que lembra a fruta”, diz o presidente.

O gosto do Acrílico x Poliestireno

O segmento que mais sofre com a comparação com o poliestireno é o de utilidades domésticas, principalmente jarras e copos. De acordo com Jones Pellini, diretor da Kaballa, fabricante de utensílios em acrílico, neste caso o material pode ser diferenciado pela espessura – sempre acima de 2 mm­ – o brilho, o acabamento e o “gosto” da peça. “As utilidades domésticas de poliestireno apresentam espessura fina e acabamento texturizado, normalmente com rebarbas. E ao contrário do acrílico, o poliestireno libera gosto e cheiro”, diz Pellini. Para saber se o objeto é mesmo de acrílico, o especialista recomenda o teste do suco de laranja. “Deixe o líquido na jarra ou no copo de um dia para o outro na geladeira. Além de mudar o sabor, na peça de PS aparecerá a marca do suco, no nível em que ele parou, enquanto que no acrílico não aparecerá nada.”

Acrílico x Poliestireno
Peças em acrílico da Kaballa

No Brasil não há box de acrílico

O poliestireno também pode ser confundido com o acrílico na utilização de boxes de banheiro, embora no Brasil existam poucos fabricantes que trabalhem com este material. “Quase tudo é poliestireno”, afirma José Eugênio Peres, diretor comercial da unidade Campinas da Casa do Acrílico.

A única maneira de saber se um box é mesmo de acrílico é pela espessura  – que é no mínimo de 4 mm, o dobro do poliestireno – e tentar quebrar a chapa pela ponta. “Se quebrar, com certeza não é acrílico.” Os boxes de acrílico são recomendados por serem mais resistentes e, consequentemente, seguros do que os de vidro temperado. De acordo com Eugênio Peres, o poliestireno é até o mais perigoso em caso de quebra. “O PS forma lâminas cortantes e pode causar ferimentos graves”, diz. “É um exemplo do barato que pode sair caro”.

Calhas automotivas

A maioria das calhas automotivas vendidas no país são especificadas pelo fabricante como sendo de acrílico, porém grande parte desbota e fica quebradiça com a exposição ao sol. “Algumas utilizam acrílico, mas a maioria é de poliestireno injetado”, afirma Fábio Toledo Pelin, diretor-executivo da Mapro, empresa especializada na fabricação de calhas, tapas sóis e protetores de faróis em acrílico.

De acordo com o especialista, é possível identificar o material pelo olhar. “O acrílico é visivelmente mais transparente, mesmo sendo na tonalidade fumê. É uma peça uniforme, com o mesmo brilho em toda a superfície. Desconfie também dos preços muito baixos, certamente são em poliestireno”, diz Pelin.

Acrílico x Poliestireno
Calha automotiva em acrílico

Veja Também

Casa do Acrílico
www.casadoacrilico.com.br www.acrilico.com.br
(21) 3970-7005 – (19) 3728-2931

Kaballa
www.kaballa.com.br
(54) 3292-4823

Mapro
www.mapro.com.br
(54) 3221-3080

Artigo relacionado
Box de Banheiro em Acrílico: escolha o material correto

One comment

Join the discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *