Normas para Chapas Acrílicas

As chapas acrílicas foram normalizadas no Brasil em maio de 2002 pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), com base em normas internacionais ISO – International Standard Organization.

As duas normas são:

NBR-ISO 7823-1:

Chapas de poli (metacrilato de metila) – PMMA: Tipos, dimensões e características – Chapas Fundidas (Cast)

NBR-ISO 7823-2:

Chapas de poli (metacrilato de metila) – PMMA: Tipos, dimensões e características – Chapas Extrusadas, calandradas.

Dentre os diversos parâmetros normalizados, um dos mais importantes refere-se à variação de espessura das chapas acrílicas, definidas de acordo com o processo de produção e com a espessura nominal:

Chapas fundidas ou “Cast”

Espessuras entre 2,0 a 25 mm, a variação é definida pela fórmula:

Variação = +/- (0,4 + 0,1 e)

e = espessura nominal, medida em mm.

Chapas Extrusadas:

Espessuras entre 1,5 a 2,5 mm – variação admissível: +/- 10

Espessuras entre 3,0 a 12,0 mm – variação admissível: +/- 5%

Para melhor entendimento na compra de chapas acrílicas, sugerimos adquirir as normas diretamente na ABNT: www.abntcatalogo.com.br

Join the discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *