O Indac – entidade que tem como missão gerar negócios para as empresas associadas e divulgar o uso correto do acrílico, além da preservação do valor a livre iniciativa dos negócios no país, alerta a consumidores e empresas do setor do acrílico a concorrência desleal gerada por ações na Internet.

Dentre as práticas condenáveis e ilegais, inclusive com indenizações já impostas pela Justiça brasileira, o desvio de clientes na utilização de marcas concorrentes como palavras-chave nos links patrocinados do Google, gerando danos materiais e morais à marca copiada.

A empresa titular do nome ou de sua marca, cujo prestígio se constrói ao longo de muitos anos de dedicação e investimento, se vê desprotegida pela usurpação por quem não preza pela qualidade do seu próprio nome ou produto, nem se preocupa com o consumidor que está sendo ludibriado.

Outra atitude deplorável e muito comum no setor de acrílico é o uso de imagens de peças de empresas concorrentes, refletindo o total desprezo de quem copia, pelo trabalho de desenvolvimento de produtos. Evidente que quem copia tem preços e qualidade menores, pois não possui uma estrutura de criação e prototipagem das empresas que fazem a diferença no setor, buscando inovação diariamente.

Também não é recomendado a compra de diversos domínios que não tem relação com a sua marca, que são fruto de termos de buscas de um único produto (exemplo: www.displaydeacrilico.com.br) e que remetem todos a um único site/domínio (www.seusite.com.br). Esta prática é irregular segundo o Google e pode fazer com que o seu site principal seja excluído com os demais do banco de dados do buscador, causando muitos transtornos.

Como consumidores que todos somos, devemos preservar pelo ambiente de concorrência leal, no entanto, o Indac se coloca à disposição para denuncias que ocorram no setor, através do link: https://www.indac.org.br/ouvidoria-do-acrilico/