O Acrílico se consolida na Indústria

Utilizadas por indústrias dos mais diferentes segmentos, as peças técnicas produzidas em acrílico ganham transparência e resistência, facilitando a visualização e garantindo a segurança dos profissionais envolvidos no processo. De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Nacional para o Desenvolvimento do Acrílico (Indac), o mercado de peças técnicas representa em torno de 15% do consumo de chapas acrílicas no Brasil, o equivalente a 130 toneladas de chapas ao mês.

Características como versatilidade, durabilidade, ótima estabilidade dimensional, boa resistência dielétrica, baixa condutividade e fácil modelagem fazem do acrílico uma escolha certeira para a fabricação de peças de testes e proteção de máquinas, demonstrando sua superioridade entre os demais plásticos. De usinagem fácil, as peças podem ser cortadas com serra ou a laser e permitem ser tupiadas, jateadas, silkadas ou, ainda, receber roscas de variados tamanhos e formatos.

No segmento de proteção de máquinas o material é utilizado há anos. “Sua visibilidade é a principal qualidade na hora da escolha”, afirmaFernando Marcondes, gerente de vendas técnicas da Plastecno, que desenvolve peças para o setor de ferramentaria. Para o executivo, além de oferecer a melhor transparência, o acrílico é um dos materiais mais resistentes de sua categoria. “Nossos principais clientes são a indústria alimentícia e de lubrificantes. Desenvolvemos peças únicas e seguras, de acordo com os pedidos dos engenheiros”, explica Marcondes.
Na Plastecno as peças são fabricadas seguindo amostras e desenhos desenvolvidos por seus clientes garantindo, assim, um atendimento personalizado. “Normalmente não trabalhamos com peças seriadas, ou seja, o cliente compra uma vez, e volta a comprar meses depois”, explica Marcondes.

O acrílico também é bastante utilizado nos laboratórios de pesquisa da indústria farmacêutica, em peças como tubos, recipientes e equipamentos de alta precisão. Uma das qualidades do material é que ele não amarela com o uso de produtos químicos, o que o torna ideal para o uso em laboratórios.

Acrinox, empresa de Brasília, produz peças técnicas para diferentes segmentos, entre eles a indústria de bebidas na qual tem como cliente a Coca-Cola Brasil. Para esse segmento, a empresa produz visores para equipamentos de limpeza e injetoras que facilitam a visualização do enchimento das garrafas PET. “Trata-se de uma esteira com acrílico na parte frontal e lâmpada na parte traseira, que permite visualizar as garrafas na esteira”, explica Aleixo Alcides Pereira Júnior, da Acrinox. No caso das máquinas sopradoras, o acrílico serve como matéria-prima para a confecção do molde das garrafas. “A máquina sopra ar quente no interior das pré-formas de PET, inflando e assumindo o formato dos frascos de refrigerantes que conhecemos. Tudo isso com a ajuda do molde em acrílico”, esclarece.

Para atender as necessidades da Bung Alimentos, a Acrinox desenvolveu uma cabine em acrílico que serve como proteção contra insetos durante o processo de envasamento. “A cabine de acrílico evita que caia insetos durante o processo e facilita a visualização do seu conteúdo”,conta. As peças técnicas respondem por 20% do faturamento da empresa.

Join the discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *