A combinação de ACM e Acrílico garante peças de comunicação visual bonitas, duráveis e de baixo custo

Diversas opções de cores, texturas e espessuras, além da abrangente versatilidade de manuseio dos dois materiais, dão a transformadores, designers e arquitetos a possibilidade de criar uma infinidade de projetos.

O INDAC (Instituto Nacional para o Desenvolvimento do Acrílico) tem ressaltado aos seus associados as vantagens da combinação do acrílico e do ACM na comunicação visual. E não está sozinho nessa mensagem. “O uso do ACM e do acrílico tem ganhado cada vez mais espaço em projetos de comunicação visual e terá sua utilização ainda mais consolidada com a capacitação e aprimoramento técnico dos profissionais do setor”, explica Danilo Lopes, consultor da SmartLed.

Lopes conhece bem o potencial dos dois produtos, desde 2010, quando fundou a SmartLed, trabalha com a fabricação de painéis e luminosos em LED, ACM e acrílico. “Graças à versatilidade desses produtos e aliando processos diferenciados de fabricação, conseguimos desenvolver e aplicar no mercado de comunicação visual diversas soluções de luminosos inovadores”, diz.

Além de bonita, a combinação ACM e acrílico garante ótimo custo benefício, explica Lopes: “Juntos, eles proporcionam trabalhos de excelente impacto visual e, devido à elevada resistência a intempéries, ainda proporcionam resultados estéticos mais duradouros e com menor manutenção durante sua vida útil”.

Apesar de tantas qualidades, a falta de conhecimento, seja das características e especificações técnicas dos materiais ou mesmo de instalação, ainda faz com que esse mercado tenha muito a desenvolver. Não á toa, a SmartLed, que percebeu as dificuldades técnicas do mercado de comunicação visual quanto ao uso correto desses materiais, hoje trabalha exclusivamente com treinamentos e consultorias.

ACM e Acrílico combinados em fachada

Quando se fala apenas de acrílico, o mercado de comunicação visual, no qual se enquadram letreiros e outros luminosos, sinalizadores, displays e PDV’s (displays de ponto de venda), é destino certo de aproximadamente 60% do consumo deste plástico no país. E, embora ofereça inúmeras vantagens em relação a outros materiais, ainda existe pouco conhecimento dos consumidores sobre seu potencial e isso pode estar associado inclusive à subutilização do produto, inclusive pelos transformadores. “O acrílico dá ao projeto de comunicação visual o destaque que os produtos dos clientes precisam. Ele agrega status e glamour. Mas sinto a falta de capacitação e de profissionalismo dos fabricantes de peças, que às vezes, pensando em reduzir custos, entregam algo muito abaixo das expectativas, gerando uma experiência limitada e comprometendo a imagem do acrílico, que acaba por ser descartado do leque de possibilidades em um projeto futuro”, diz Gabriela Dias de Jesus, diretora da Cristal e Cores.

Entre as principais características do acrílico vale destacar a infinita oferta de cores e texturas. No mercado é possível encontrar espessuras de 0,5mm a 80mm. Versátil, possui ampla janela de moldagem (20ºC), excelente difusão de luz nas bordas – o que realça visibilidade da marca com uso de LED –, e gravações e elevada resistência aos raios ultravioleta do sol. É facilmente usinado (corte, furação e gravação) e polido, para eliminação de riscos.

Na tentativa de reverter esse quadro, a empresa disponibiliza profissionais que ajudam o cliente a desenvolver novas cores e tamanhos diferentes de moldes. “Tentamos entender qual a aplicação de nossos clientes para melhor instrui-lo quanto a cores e aplicações. Ajudamos até mesmo na formulação de custos”, explica Gabriela.

Além do desconhecimento, segundo levantamento do INDAC, o preço é outro fator que aparece como empecilho para a utilização do acrílico nos projetos. E isso, na verdade, é um mito. “O custo médio do acrílico é de R$ 28 o quilo. Esse é um valor insignificante quando se considera outros custos e, principalmente, o resultado do trabalho. Até porque, nenhum outro material consegue oferecer as mesmas vantagens do acrílico”, ressalta João Orlando Vian, consultor executivo do Instituto.

Para Vian, o desconhecimento dos itens com os quais se trabalha pode sim minar um bom projeto. E é justamente aí que entra o ACM.

O ACM – Aluminium Composite Material – é um tipo de revestimento constituído por um núcleo de polietileno alocado entre duas lâminas de alumínio. Entre suas principais características destacam-se: a ampla gama de cores e texturas, a facilidade com que permite a criação de volumes e avanços e a simplicidade de usinagem (corte, dobra, furação), além da perfeita planicidade. Em contraponto, oferece opacidade total e retenção de brilho e de tonalidade, mesmo em ambientes externos. “É fantástico como esses dois materiais se complementam. Ambos oferecem modernidade e requinte e são apropriados para uso interno ou externo. Além disso, oferecem diversas cores, que podem inclusive serem contrastadas”, afirma Marcel Canuto, supervisor de vendas da Actos.

Canuto explica que o ACM vem se popularizado e que nos últimos dois anos a demanda associada dos dois materiais têm aumentado e eles têm sido mais comumente usados juntos em ambientes internos (como fachadas de lojas de shoppings) e ambientes externos (como fachadas de concessionárias de veículos).

O ACM, que tem menor custo, geralmente é usado como suporte em sinalizadores, placas e painéis luminosos. Também pode ser usado no revestimento da fachada que receberá essa peça. O acrílico, mais leve e com capacidade de propagação da luz, é empregado na frente do item, aumentando seu potencial estético e valor agregado.

A integração dos dois materiais, que ganha ainda mais vida com uso de iluminação em LED, pode ser usada, não apenas em fachadas, mas em uma infinidade de projetos, de totens e expositores a complexas ilhas de exposição. Parece que só a imaginação é limite quando se trata de suprimentos tão versáteis. “Quando ambos os materiais estão no projeto, a durabilidade e a estética são valorizadas em relação a outros itens mais promocionais. Eles proporcionam encaixes perfeitos e melhor usinagem e acabamento possíveis”, comenta Paulo Hey Branco, da Placrim Sinalização Inteligente.

Há muito tempo neste mercado, Branco recomenda apenas que as pessoas usem essa combinação em trabalhos que realmente remetam a formas inovadoras de revestimento de paredes, mobiliários, painéis conceituais e intervenção urbana. Afinal, exagero e repetição cansam.

Veja mais


SMARTLED
www.smartled.com.brsuporte@smartled.com.br

CRISTAL E CORES
www.cristalecores.com.br – (11) 4661-9393

ACTOS
www.actos.com.br – (11) 4428-5500

PLACRIM
www.placrim.com.brplacrim@placrim.com.br – (11) 41 3362-5960

Join the discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *